sexta-feira, setembro 30

SEMANA ESPECIAL NO NORTE DO ESTADO

Sobral realizou na última semana, a III Semana Sobralense da Pessoa com Deficiência


A III Semana Sobralense da Pessoa com Deficiência, aconteceu nos dias 19 a 24 de setembro, com o tema; "Acessibilidade: Direito de todos". Foram dias de muita atividade para esse público que tem o dia 21 de setembro, como a data oficial do “Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência”. Em Sobral, esta data é celebrada com grandes eventos de participação. Durante cinco dias foram apresentadas; oficinas no centro de reabilitação e, em hospitais, palestras, exibição de filmes dentre outras atividades.

Os destaques das atividades foram: a inauguração da sede do conselho municipal da pessoa com deficiência, I Corrida de Acessibilidade, III seminário sobre a pessoa com deficiência e o II Festival Paraolímpico Sobralense. O objetivo da semana é fazer com que essa parte da população se sinta valorizada sabendo que podem dispor dos seus direitos.

Sede do conselho
Na última terça-feira (20) foi inaugurado o Conselho Municipal Dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em Sobral, que contou com a presença do Secretário de Saúde e Ação Social, Doutor Carlos Hilton Albuquerque Soares que representou o Prefeito, Veveu Arruda. O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com  Deficiência tem natureza apolítica e apartidária, tendo suas ações voltadas ao atendimento da pessoa com deficiência, contribuindo assim com o desenvolvimento de políticas públicas que atendam especificamente as reivindicações e lutas deste público pela melhoria da qualidade de vida dos mesmos. Atualmente, a cidade da zona norte é a única a ter sede própria do conselho. Para os apoiadores dessa causa, "o conselho vem para servir de ação para atender  estas pessoas assegurando-as, de seus direitos", disse Reginaldo Faria.

Acessibilidade, sim!
Na noite do dia 20, a Praça Boulevard do Arco (Sobral) ficou movimentada de um público diferenciado. Eram os participantes da I Corrida da Acessibilidade. Cerca de 50 pessoas participaram da corrida. Para eles, um momento de festa e socialização. A corrida foi um sucesso de público, uma animação para os presentes. O objetivo da I Corrida da Acessibilidade é mostrar para a sociedade que o esporte é capaz de proporcionar a inclusão social e a superação pessoal e sensibilizar autoridades para oferecer infraestrutura de acessibilidade nos espaços públicos.

III Seminário sobre a pessoa com deficiência
Cerca de 150 pessoas participaram na última quinta-feira (22) do III Seminário, que aconteceu no centro de convenção de Sobral. O evento teve a presença do Dr. Reno Ximenes- procurador geral da Assembleia, que na oportunidade falou um pouco sobre “Políticas de direitos da pessoa com deficiência”. Para Ana Lyzia, organizadora do evento “a presença do Dr. Reno foi muito importante para o nosso debate. Todos esperam o dia inteiro para assistir a sua palestra”, comentou.

Antes de encerrar as palestras, o público presente ainda pode ouvir uma história de superação com o atleta paraolímpico e presidente da Associação Cearense do Esporte Adaptado, Henrique Gurgel. O esportista acabava de chegar a Sobral e foi conferir o evento. Na ocasião foi convidado para dar uma palavra aos presentes. De uma maneira alegre e descontraída, ele empolgou a todos ao contar sua trajetória após a deficiência. “Todo cadeirante trás consigo o Kit escaras. Comigo não foi diferente. Todo dia, era eu elas, elas e eu, brigando pela cicatrização. Mas, deu tudo certo”, contou aos risos. 

Na sexta-feira, o atleta foi visitar uma turma do 6° período de Educação Física, para convidá-los, a se fazerem presente no II Festival paraolímpico que aconteceria no  sábado. "Há um ano estive aqui e fiz esse convite a turma, que hoje organiza o festival e faz a monitoria do projeto Esporte Adaptado, uma parceria com a ACEA, então, espero ver todos vocês lá", relatou Henrique. Ele ainda falou da vida de atleta e das conquistas que a entidade teve nesse ano, destacando a convocação do vice-presidente da ACEA, Carlos Alberto, o Beto, que irá para o Parapanamericano de Guadalajara, no México, em novembro.

II Festival Paraolímpico Sobralense
Numa manhã de sol forte, o Centro de Ciências e Saúde(CCS) da Universidade Estadual Vale do Acaraú(UVA), recebeu no último sábado (24) o II Festival Paraolímpico. Com aproximadamente 60 participantes, nas modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas, natação e xadrez o campus se tornou uma verdadeira festa, com disputas e torcidas para as escolas presentes agitando a programação de encerramento da semana especial sobralense. "Esse é um momento de fomentar a prática esportiva. Espero que no próximo anos, esse número de participantes triplique, ressaltou o Coordenador do Projeto Esporte Adaptado - Cleyton Gomes.

A competição encantou os que estavam ali pela primeira vez. "Esse evento é uma maravilha. é lindo ver o esforço de cada um deles em cada prova" disse Edieny Nascimento, cuidadora da Escola Antenor Naspolini. Ela ainda comentou que sente orgulho por Sobral desenvolver essas atividades, "fico muito feliz em ver que a minha cidade incentiva o esporte adaptado. Sobral está de parabéns".

Segundo, José Falcão Sobrinho, pró-reitor de extensão da UVA esse é um momento de participação e inclusão. "Nós estamos possibilitando aos nossos alunos da Educação Física, uma interação com a comunidade, através de uma educação inclusiva", ressaltou. O pró-reitor ainda comentou que se sente muito feliz pela Universidade desenvolver esse projeto de extensão para as pessoas com deficiências de Sobral, "notamos que a cada ano, cresce o números de alunos interessados nessa prática e isso é muito bom. Assim temos a certeza que o projeto está no caminho certo, afirmou.

Ao final das competições, o atleta paraolímpico e presidente da ACEA, Henrique Gurgel, deixou uma mensagem para os participantes. "Me encontrei no esporte e digo aos demais que pratiquem um esporte adaptado as suas potencialidades é fundamental para o bem estar físico", ressaltou.

Assessoria de Imprensa da Associação Cearense do Esporte Adaptado
Deborah Vieira

SEMINÁRIO INICIA A I SEMANA MUNICIPAL DO PARADESPORTO

O III Seminário do Paradesporto da Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza (Secel) deu o pontapé inicial, nesta quarta-feira (28), da I Semana Municipal de Paradesporto, que seguirá até 07 de outubro. Os participantes do seminário puderam conferir, no auditório da biblioteca da Unifor, sete palestras de temas diretamente ligados ao paradesporto.

No primeiro momento, durante a abertura do evento, a mesa foi composta pelo Secretário de Esporte do município, Evaldo Lima; o diretor do Centro de Ciências da Saúde da Unifor, Flavio Ibiapina, que representava a reitoria da Universidade; o coordenador do Curso de Educação Física da Unifor, Carlos Augusto de souza, representando o Conselho Regional de Educação Física; e o coord. do curso de Ed. Física da Fametro, Genilson César, que falaram aos presentes sobre a importância de um seminário sobre paradesporto. 

Jefferson Lima
Em seguida, teve início o ciclo de palestras do período da manhã. Dentre os temas abordados esteve a "Natação paraolímpica. Adaptações para o treinamento de alta perfomance", com Jerffeson de Sousa Lima, especialista em Treinamento Desportivo, coordenador Geral de Esportes Aquáticos do Náutico e Diretor Técnico da Associação Cearense do Esporte Adaptado. "A boa performance só funciona com disciplina", explicou o Profº Jerffeson de Sousa ao mencionar a exigência aos atletas por dedicação e compromisso para a garantia de bons resultados nas competições. 

O paraatleta de natação Carlos Alberto Lopes Maciel (Betão) também esteve presente no evento. Ele explanou sobre sua experiência em treinos de alto rendimento e de sua preparação para o Parapanamericano de Guadalajara, no México, em novembro. "Desde 2008, estou treinando fortemente. Será um grande orgulho representar o Ceará", destacou. 


Já no período da tarde, na palestra da profª. de Farmácia Arlandia Lima, o assunto em destaque foi o “uso de medicamentos por atletas: saúde ou doping?”. Ela alertou para o fato de que algumas substâncias utilizadas pelos esportistas para melhorar o desempenho físico podem ser consideradas doping, dependendo da quantidade e da prática esportiva. “Usar suplemento não é doping. Um atleta de alto rendimento precisa dele, mas é preciso saber a origem do suplemento, pois é possível haver substâncias proibidas”, disse Arlandia chamando a atenção dos profissionais e estudantes presentes para o cuidado com a ingestão de substâncias.

Profa. Heloísa e seus colaboradores
Outra temática que atraiu a atenção dos participantes foi “o treinamento de professores para a iniciação à natação adaptada”, ministrada pela profª de Educação Física Heloísa Stangier. Ainda nos anos de 1990, a disciplina de esporte do paradesporto foi tornada obrigatória nas faculdades de Educação Física do Brasil. No entanto, uma única disciplina não dava conta de todas as modalidades esportivas praticadas por paraatletas.

De acordo com Heloísa Stangier, a solução encontrada para suprir a demanda por um conhecimento especializado, por parte de esportistas e profissionais da saúde, foi buscar capacitação fora da universidade. “A procura pelos cursos que oferecem treinamento para o esporte adaptado tem sido satisfatória. Isso acontece porque o paradesporto tem se destacado, inclusive nas Paraolimpíadas, que agora tem ingressos disputados”, garantiu Heloísa.


Segundo o coordenador de Esporte Adaptado da Secel, Henrique Gurgel, "a semana do paradesporto objetiva a capacitação desses profissionais a realizarem projetos e trabalhos multidisciplinares, ao mostrar a complementaridade existente entre as profissões da saúde e do esporte".

I Semana Municipal de Paradesporto - do seminário, 50 pessoas serão selecionadas para participar de workshop, no dia 1º de outubro, também na Unifor. O workshop deverá capacitar os inscritos para trabalhar nos Jogos Municipais de Paradesporto, que acontecem de 03 a 07 de outubro, na Federação Cearense de Tênis de Mesa Adaptado e na Unifor.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Esporte e lazer de Fortaleza(Secel)

terça-feira, setembro 27

III SEMINÁRIO DO PARADESPORTO ACONTECE AMANHÃ (28)

O III Seminário do Paradesporto da Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza acontece amanhã (28), de 8 às 18 horas, na Unifor, como parte da I Semana Municipal de Paradesporto, de 28 de setembro a 07 de outubro.

Do seminário, 50 pessoas serão selecionadas para participar de workshop, no dia 1º de outubro, também na Unifor. O workshop deverá capacitar os inscritos para trabalhar nos Jogos Municipais de Paradesporto, que acontecem de 03 a 07 de outubro, na Federação Cearense de Tênis de Mesa Adaptado e na Unifor.



III Seminário do Paradesporto  
Um espaço voltado para atletas, profissionais e alunos dos cursos das áreas de humanas e saúde. Durante o evento, são debatidos temas como o desenvolvimento do esporte paraolímpico no Ceará e o treinamento funcional para atletas cadeirantes. Confira a programação completa do seminário.


 Serviço:

III Seminário do Paradesporto
Data: quarta-feira, 28 de setembro.
Horário: 08 às 18h.
Local: Unifor

- Inscrições encerradas. Clique Aqui e confira a lista de inscritos.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Secel http://migre.me/5NdVc 

EVENTO MARCA O DIA NACIONAL DE LUTA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA EM FORTALEZA

Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência foi marcado por uma comemoração organizado pela Primeira Dama do estado.
 Primeira Dama do estado, Sra. Maria Celia (foto), Secretario do Trabalho e Ação Social, Evandro Leitao, do Sec da Controladoria, Secretario do Esporte e Henrique Gurgel.

No último dia 21 de setembro foi comemorado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. A data foi celebrada, na Praça Luíza Távora, com a presença de todos os parceiros e apoiadores dos programas de socialização e inclusão da pessoa com deficiência, junto com a coordenadoria da pessoa com deficiência e do idoso.

Entre os presentes, esteve o presidente e atleta da Associação Cearense do Esporte Adaptado (Acea), Henrique Gurgel, que marcou sua presença, sendo o representante oficial dos paratletas cearenses, a estar ao lado da primeira dama, Maria Célia Habib, na solenidade de abertura do evento. Na ocasião ele agradeceu ao apoio que o Governo do Estado vem dando aos atletas cearenses.

Henrique Gurgel
"Agradeço ao Governo do Estado, que através do gabinete da primeira dama vem, contribuindo com o crescimento do paradesporto cearense concedendo as passagens para os atletas e, também pelo o interesse que o gabinete tem apresentado em desenvolver projetos paraolímpico no estado. Essa parceria é muito importante e vamos trabalhar para desenvolver um excelente trabalho", disse. 


Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

O Dia Nacional de Luta das Pessoas Deficientes foi instituído pelo movimento social em Encontro Nacional, em 1982, com todas as entidades nacionais. Foi escolhido o dia 21 de setembro pela proximidade com a primavera e o dia da árvore numa representação do nascimento de nossas reivindicações de cidadania e participação plena em igualdade de condições. Essa data é comemorada e lembrada todos os anos desde então em todos os estados; serve de momento para refletir e buscar novos caminhos em nossas lutas, e também como forma de divulgar nossas lutas por inclusão social.


Assessoria de Imprensa da Associação Cearense do Esporte Adaptado


sábado, setembro 24

III Seminário do Paradesporto: inscrições abertas

São oferecidas 160 vagas para o evento que acontece na próxima quarta-feira (28), na Unifor

Estão abertas, de 23 a 26 de setembro, as inscrições para o III Seminário do Paradesporto, realizado pela Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza. O evento acontece na próxima quarta-feira (28), de 08h às 18h, na Unifor, como parte da I Semana Municipal de Paradesporto, de 28 de setembro a 07 de outubro.

São ofertadas 160 vagas para o seminário. Todos que realizarem a inscrição têm participação confirmada automaticamente. Do seminário, 50 pessoas serão selecionadas para participar do workshop, no dia 1º de outubro, também na Unifor. O workshop deverá capacitar os inscritos para trabalhar nos Jogos Municipais de Paradesporto, que acontecem de 03 a 07 de outubro, na Federação Cearense de Tênis de Mesa Adaptado e na Unifor.

III Seminário do Paradesporto - é um espaço voltado para atletas, profissionais e alunos dos cursos das áreas de humanas e saúde. Durante o evento, são debatidos temas como o desenvolvimento do esporte paraolímpico no Ceará e o treinamento funcional para atletas cadeirantes.

Acesse o site da secel e faça sua inscrição clique aqui

Seviço

Data: 28 de setembro
Horário: 08 às 18hs
Local: Universidade de Fortaleza (Unifor)

Fonte: site da Secretaria do Esporte e Lazer de Fortaleza

terça-feira, setembro 20

21 DE SETEMBRO - DIA NACIONAL DE LUTA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA


Crédito: foto - blogcantinhodoconhecimento

O Governo do Estado, através da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para  os Idosos e Pessoas com Deficiência, realiza no próximo dia 21  de setembro, na Praça Luíza Távora, a partir das 16 horas, uma programação especial em comemoração ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. O evento, que contará com a presença da primeira Dama Maria Célia Ferreira Gomes tem por objetivo ampliar a discussão com o segmento, seus familiares e a sociedade civil, sobre a garantia dos direitos das pessoas com deficiência.

A programação se desenvolverá com foco em dois eixos da atuação governamental junto a esse público: “Apresentação de resultados do Programa Ceará Acessível",que inclui a exposição de ações transversais das setoriais envolvendo saúde, educação, assistência social, trabalho, segurança pública, cultura, esporte, turismo, justiça e cidadania; lançamento de publicações sobre o tema; divulgação de estudos e pesquisas; e outros projetos.

O segundo eixo, "Prestação de Serviços", envolverá os participantes em atividades terapêuticas, esportivas e de embelezamento, como massoterapia, cooper interativo, vivências no circuito da Praça, inscrições de pessoas com deficiência em oficinas culinárias e grupos de práticas esportivas diversas; além de disponibilizar a emissão de documentos pelo Caminhão da Cidadania - Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor e Registro de Nascimento, e orientação jurídica através da Unidade Móvel da Defensoria Pública Geral do Estado, e Ouvidoria Especial para os Idosos e as Pessoas com Deficiência. A programação conta ainda com a realização de shows artísticos.

Confira a programação: clique aqui

segunda-feira, setembro 19

II FESTIVAL PARAOLÍMPICO DE SOBRAL

A Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), em parceria com a Secretaria do esporte e Juventude estará realizando próximo sábado (24/09), no Centro de Ciências da Saúde (CCS), o II Festival Paraolímpico Sobralense. O evento faz parte da programação realizada durante a semana do Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

A competição tem como objetivo  promover a inclusão social da pessoa com deficiência do Município através do Esporte. As modalidades a serem disputadas são: Futsal, Atletismo, Natação, Goalball, Tênis de Mesa, Xadrez, Dama.

Serviço

InscriçõesAs fichas estão disponíveis no site www.sobral.ce.gov.br/esporte
Mais Informações: Professor Cleyton Gomes (88) 9962. 3007
João Paulo Montenegro (88) 3614. 7288 


Fonte: Site da Secretaria do Esporte e Juventude 

sexta-feira, setembro 16

A REALIZAÇÃO DE UM SONHO

Carlos Alberto conquistou nesta quinta-feira (15) a vaga para o Parapan de Guadalajara, em novembro

Carlos Alberto - atleta e vice-presidente da ACEA
No interior de Morada Nova, no rio Banabuiú, ele começou a dar as primeiras braçadas. Carlos Alberto Maciel, mais conhecido como Beto ou Betão, jamais imaginava que daquele nado de lagoa poderia sair um grande atleta.

Aos 12 anos, perdeu seu braço direito numa máquina de bater arroz. Mas, esse fato não o impediu de seguir sua vida feliz e, principalmente, de fazer o que mais gostava: praticar esportes. Começou no atletismo, foi para o paratriatlon, enfim, um verdadeiro amante do desporto.

Sempre muito curioso e aventureiro, em 2008, ele resolveu saber qual era sua classificação na natação, visto que a pessoa com deficiência, para competir em qualquer modalidade, deve passar por um processo chamado classificação funcional, definindo em qual classe poderá competir.

Classificado na categoria S8, ele foi competir pela primeira vez. Conseguiu se destacar, obtendo o seu primeiro recorde brasileiro. “Eu tinha curiosidade em saber qual era minha classe e, em 2008, eu vim me aventurar e, na minha primeira nadada, quase me afoguei, mas fiz meu primeiro recorde brasileiro, nos 100m borboleta”, comentou.

Começava ali uma linda história de superação e muita determinação. Hoje, Beto é um dos grandes nomes da natação paraolímpica cearense. Conseguiu grandes resultados este ano e foi com essa vibrante força, que ele conseguiu a tão sonhada vaga para o Parapanamericano de Guadalajara. Para ele, a satisfação de poder representar seu país é sua maior conquista.

"É o dia mais feliz da minha vida de para-atleta, pois desde 2008 sempre treinei forte e com determinação com o objetivo de algum dia representar o meu país. Hoje, em 2011, esse sonho se tornou realidade. Consegui duas convocações: open do Rio, em outubro e agora o parapan. É uma emoção indescritível" declarou muito emocionado.

Foi um caminho longo com muitos obstáculos mas também de muitas alegrias. É o começo de uma nova história a ser escrita na vida deste brilhante homem de fé, coragem e determinação.


Assessoria de Imprensa da Associação Cearense do Esporte Adaptado

CONVOCAÇÃO OFICIAL DOS ATLETAS CONVOCADOS PARA O PARAPAN



O Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) divulgou nesta quinta-feira (15) a relação oficial dos atletas convocados para o Parapanamericano de Guadalajara, em novembro.O Brasil irá com: 220 atletas, 11 guais, 3 calheiros, 2 goleiros, 1 piloto tandem, 13 técnicos administrativos, 83 staffs e 29 profissionais da saúde. 


E é com uma grande satisfação que a Associação Cearense do Esporte Adaptado informa que seu atleta Carlos Alberto, o Beto, foi um dos convocados. O presidente da Acea, Henrique Gurgel esperou atento a lista oficial sair e, em seguida, saudou o atleta, que também é vice-presidente da entidade.

"Acompanhei de perto o esforço e a dedicação do Beto. Ele lutou muito para conquistar esta vaga. Ele e toda nossa equipe técnica estão de parabéns. Boa Sorte a todos os convocados" disse.


Atletas cearenses convocados


Atletismo 
Francisco Jefferson de Lima

Tênis de mesa
David Andrade Freitas
Francisco Wellington Melo

Natação
Carlos Alberto Lopes Maciel

Técnico e classificador cearense convocado
Paulo Ricardo Molitor (técnico do tênis de mesa)
Guillermo Sanchis (classificador da natação)


 Para ver a lista completa clique aqui

Fonte: Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB)

segunda-feira, setembro 12

I FESTIVAL DE ESPORTES DO CUCA

Atletas da Associação Cearense do Esporte Adaptado (Acea) fizeram uma participação especial no evento.

Henrique, Beto e Heloísa
O Cuca Che Guevara comemorou neste final de semana seu aniversário de dois anos. A comemoração foi marcada pelo I Festival de esportes ( IFestE). O festival contou com a participação da comunidade, equipes esportivas e escolas. 

Entre as equipes convocadas a Acea esteve presente como convidada especial. A entidade levou três de seus atletas para uma  participação no evento. Carlos Alberto, Henrique Gurgel e Yuri Araújo, competiram na natação com os demais participantes, levando a alegria  para a moçada ali presente. Logo, a instituição era a única representante do esporte adaptado, nos jogos.

Além dos jogos, o Festival contou com apresentações de grupos de dança, capoeira e equipes de judô. De acordo com informações da esquipe do Cuca, a ideia do evento é oferecer aos jovens uma vivência em competições esportivas e integrá-las a outras equipes convidadas.


Assessoria de Imprensa da Associação Cearense do Esporte Adaptado

sexta-feira, setembro 2

RUMO AO PARAPAN: ÚLTIMA CHANCE


Os melhores paratletas do atletismo, halterofilismo e natação, se encontrarão neste final de semana na 2° etapa do Circuito Loterias CAIXA, em São Paulo nos dias 3 e 4 de setembro.O evento promete ter disputas acirradíssimas, pois está é a última chance dos esportistas pré-convocados para o Parapan garantirem a marca que poderá levá-los à maior competição das Américas, em novembro - Guadalajara.

Equipe Acea na 1° etapa do Circuito em SP
A Associação Cearense do Esporte Adapatdo tem um motivo à mais para torcer por seus atletas, pois o esportista Carlos Alberto - o Beto já é pré-convocado e vai brigar pela vaga. Na 1° etapa do circuito, em agosto,  ele quebrou o recorde das Américas no 100m peito, deixando- o, mas próximo de conquistar a tão sonhada vaga oficial para o Parapan. Agora, ele vai tentar baixar seu tempo nos 100m borboleta e quem sabe bater mais um recorde.


A equipe cearense ainda contará com Ivan Anastácio e Yuri Araújo, na natação e Sérgio Lima, no atletismo. Nas pistas Sérgio Lima, também vai tentar o índice classificatório para a competição de Guadalajara.



Assessoria de Imprensa da Associação Cearense do Esporte Adaptado
Deborah Vieira (deborah.vieirab@gmail.com/ 85 8786.1649)

quinta-feira, setembro 1

JOVENS CEARENSES FIZERAM BONITO EM SUA ESTREIA NO MAIOR EVENTO DE ESPORTES ADAPTADOS

Divulgação/CPB
Foram três dias de competições com disputas acirradíssimas. As paraolimpíadas escolares 2011 reuniram entre os dias 28 e 30 de agosto, cerca de mil competidores de 23 estados e o Distrito Federal, em sua terceira edição. O Ceará fez sua estreia na competição. Foi a primeira vez que o governo do Estado enviou uma delegação para participar do maior evento escolar de esportes adaptados do mundo. Foram 19 paradesportistas disputando nas modalidades de natação, atletismo e tênis de mesa. No total conquistaram 32 medalhas; 13 ouros, 11 prata e oito bronzes.

Nas pistas
Três medalhas de ouro e uma prata conquistado com muita determinação e um excelente preparo físico.Destaque para Maria Pamela,(17) classe T46 que foi ouro no 100m. A atleta é pré-convocada para o Parapan e estará na 2° etapa do Circuito Loterias CAIXA, no próximo dia 2 e 3 de setembro e vai tentar garantir sua vaga oficial para disputar em guadalajara, junto com a seleção brasileira de atletismo.

Show na piscina
Nossos paratletas brilharam. Braçada a braçada, Rochele da Silva conseguiu ouro nos 400m nado livre e a prata nos 100m costas. Não paramos por aqui, Igor Anderson também conquistou um ouro no 100m costas. Ainda tivemos Ana Raquel Vieira, prata nos 50m costas; Mariane Aguiar, bronze nos 50m costa; Antonio Jonhy, também, no 50m costas e Vitor Soares (deficiente visual), prata nos 400m nado livre.

Tênis de Mesa
O sorriso contagiante e a habilidade do menino, Lucas Dourado, lhe proporcionou a medalha de ouro, na categoria A do tênis de mesa.


Lucas Dourado - medalha de ouro (crédito: chefe de delegação)

Fonte: Comitê Paraolimpíco Brasileiro (CPB)

Assessoria de Imprensa da Associação Cearense do Esporte Adaptado
Deborah Vieira (deborah.vieirab@gmail.com/ 85 8786.1649)

II JOGOS AQUÁTICOS DO CEARÁ - NATAÇÃO PARAOLÍMPICA

No último dia 13 de agosto, aconteceu na Unifor o II jogos aquáticos do Ceará, modalidade natação paraolímpica. Cerca de 60 participantes, de nove entidades, participaram do evento nas classes S1 A S14 (deficiência física, visual e intelectual). As provas e classificação funcional dos atletas foram de acordo com os critérios de classificação do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB). Durante toda a manhã os paratletas do Projeto Esporte Adaptado (Acea /Sobral) passaram por uma classificação funcional para definir sua categoria.

Segundo o diretor técnico da Federação Cearense de Desportos Aquáticos (FCDA) Guillermo Sanchis, o evento foi um sucesso, podendo ser classificado como uma das melhores competições paraolímpicas já realizadas no Ceará. “Avalio essa competição como o melhor evento de natação paraolímpica já realizada dentro do estado do Ceará, pelo nível de organização, número de atletas e entidades participantes” declarou Sanchis.

A grande campeã da competição foi a Associação Cearense do Esporte Adaptado (ACEA), com 325 pontos; seguida do Projeto faça do deficiente um atleta (PFDA), com 154 pontos; seguido da Associação dos deficientes motores (ADM), terceira colocada, com 122 pontos.

A competição foi uma realização da Federação Cearense de Desportos Aquáticos (FCDA) com a co-realização da Associação Cearense do Esporte Adaptado (Acea), e o apoio da prefeitura de Fortaleza, através da Secretaria de Esporte e Lazer (Secel). 

Equipe campeã dos Jogos - ACEA


Assessoria de Imprensa da Acea
Deborah Vieira (deborah.vieirab@gmail.com/ 85 8786.1649)